Limpeza de Pele Profunda

A limpeza de pele profunda serve para remover cravos, impurezas, células mortas e milium da pele, que se caracteriza pelo aparecimento de pequenas bolinhas brancas ou amareladas na pele, principalmente, do rosto. Ela deve ser feita de 2 em 2 meses no caso de peles normais a secas e 1 vez por mês em peles mistas a oleosas e com cravos.
 
A limpeza de pele profunda profissional pode ser feita em clínicas de estética ou no consultório do dermatologista e dura cerca de 1h a 1h30.
 
O passo a passo da limpeza de pele profunda profissional
 
1. Limpar
Este passo consiste em remover a maquiagem e limpar a pele com loções de limpeza ou sabões que também podem ser desengordurantes, para ajudar a remover a oleosidade e algumas impurezas da pele.
 
2. Esfoliar
A esfoliação serve para remover a camada mais superficial da pele e as células mortas, facilitando a extração de cravos e impurezas da pele.
 
3. Abrir os poros
A abertura dos poros geralmente é feita com a aplicação de vapor de ozônio, pois o vapor ajuda a amolecer a pele, facilitando a retirada de cravos e impurezas. Antes do vapor, pode ser aplicada também uma máscara para ajudar ainda mais a amolecer a pele mais superficial.
 
4. Extrair cravos
A extração dos cravos é feita manualmente, com gazes ou algodões embebidos em loções anti-sépticas e a extração de miliuns com a ajuda de uma microagulha, para retirar a casca que cobre o cisto e drenar o conteúdo.
 
Após a extração completa dos cravos e miliuns, pode ser aplicado um aparelho de alta frequência que auxilia a pele a cicatrizar e acalmar.
 
5. Colocar máscara
Depois da extração de cravos e miliuns, é aplicada uma máscara, geralmente calmante, de acordo com o tipo de pele, durante cerca de 10 a 20 minutos, para ajudar a diminuir a vermelhidão e a acalmar a pele.
 
6. Hidratar
Por fim, a máscara é retirada e é aplicado um hidratante contendo filtro solar em forma de gel ou loção para não tapar os poros, sempre com fator de proteção igual ou superior a 30. O hidrante com filtro solar, além de hidratar a pele, protege a pele dos raios solares, manchas e queimaduras.
 
Esta limpeza de pele profunda com extração não deve ser feita para remover espinhas, pois pode inflamar mais a pele e piorar a acne. Além disso, não deve ser feita em indivíduos com a pele muito sensível, com alergia, descamação da pele ou rosácea.
 
Uma outra forma de fazer uma boa limpeza de pele, retirando ao máximo suas impurezas é fazer um tratamento profissional chamado limpeza de pele ultrassônica, que utiliza um equipamento de ultrassom para atingir as camadas mais profundas da pele.
 
Cuidados após a limpeza de pele profunda profissional
Após a limpeza de pele profunda é necessário ter alguns cuidados como não ficar exposto ao sol e não usar produtos ácidos e cremes oleosos nas primeiras 48 horas após a limpeza de pele, dando preferência por produtos calmantes e cicatrizantes da pele.